Resenha: Crônicas e Absinto

Questionamentos sinceros de uma jovem pensadora

Autora: Camila Gatti
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Ano: 2012
Páginas: 136

SINOPSE
"O que você quer da sua vida? Está na fase em que somente a correria do dia a dia não o preenche mais? Sente um vazio existencial ou cansou do joguinho de depositar no outro suas expectativas, seu amor, seu futuro, seus sonhos, sua vida ou até mesmo suas frustrações? Pensa que chegou a hora de dar uma guinada na vida e ser uma pessoa melhor, realmente ser feliz e realizada? Ter o que oferecer ao outro, a si mesmo e ao mundo é maravilhoso: a contribuição de cada ser humano é essencial, tal qual cada grão de areia na praia. Convido você a fazer uma reflexão, a fi­m de participar deste fascinante mundo da evolução; muito se fala, pouco se faz; muito se perde nos ruídos e no excesso visual mundano. *Está na hora do divino iluminar cada um.* Seja na arte, nos campos da ciência, na medicina, nas exatas e na religião, somente com a criatividade e a ousadia individual é possível adquirirmos conhecimentos culturais, econômicos e sociais, incluindo os avanços tecnológicos, decidindo, assim, a ascensão do futuro da humanidade. Se isso instigou você lá dentro é porque chegou a hora de despertar." 



    Crônicas e Absinto foi o primeiro livro do gênero o qual li, gostei muito da experiência, uma leitura tranquila, rápida e empolgante, que me ensinou muito, além de fazer com que minha massa cinzenta saísse de seu comodismo, do universo das histórias fantasiosas e passasse a questionar nossa atual sociedade e minhas próprias atitudes perante essa sociedade.



   O livro aborda vários assuntos e levanta uma série de questionamentos que faz com que o leitor reflita sobre as experiências que envolvem seu dia-a-dia, não se restringindo à apenas um tipo específico de reflexão. Política, religião, bullying, meditação, talismãs, mercado de trabalho, descriminação, infância, cultura e educação são apenas alguns dos muitos assuntos abordados pela autora, que a princípio ressalta, gostar de si mesmo é apenas o início para se ter uma vida feliz!


"Aprenda a andar a passos largos, orgulhoso de si, feliz com suas atitudes. Sinta o prazer, a plenitude, a leveza de ser, por nutrir bons pensamentos, praticar bons atos, ser justo, honesto, realizando o bem para si e para todos..."

"Felizes os bem resolvidos, que são capazes de admirar, de elogiar, de serem bons profissionais, bons amigos, bons pais...felizes os que dançam e assim transcendem, ficando cada vez mais leves, mais próximos a Deus." 


    Falar sobre temas polêmicos muitas às vezes é doloroso e acaba ferindo o ego do ser humano, principalmente de nós brasileiros que estamos passando por um turbilhão de problemas, sejam eles políticos, institucionais e éticos, nosso país está um caos, mas segundo alguns pontos levantados pela autora “cutucar a ferida” auxilia no despertar da população, não basta viver reclamando da situação se você não se mobiliza para fazer a diferença. Nossas atitudes refletem nosso caráter, estão diretamente ligadas ao que queremos e como trabalhamos para realizar nossas expectativas e sonhos, isso influencia o modo como nossa sociedade vive e como viveremos no futuro.

"Uma foto é uma ação congelada no tempo: é a tecla 'pause'.
Um vídeo é o tempo arquivado: é a tecla 'rec'.
Está se perguntando sobre a tecla 'play'? Olhe-se no espelho, veja o presente."


    O livro é composto por capítulos curtos, que vão direto ao assunto e não enrolam o leitor, achei ótimo!

    Presentei-se com algumas horas de conhecimento, de reflexão pura e direta, relaxe e coloque seu cérebro para funcionar ao mesmo tempo, veja como é possível concordar com simples indagações sobre nosso cotidiano. Mexa-se, pois nem a Terra fica parada, ela se move ao redor do Sol e do seu próprio eixo...não se acomode, siga em frente, lute por seus ideais, pois assim, mesmo que você não resolva os problemas do Universo sozinho, poderá ter a consciência tranquila e dizer: "Eu fiz a minha parte, lutei por aquilo que acreditava, eu fiz a diferença!" 


Nenhum comentário:

Postar um comentário